Home > Notícias do Centro > Notícias > A função da GCM com pessoas em situação de rua

A função da GCM com pessoas em situação de rua

13/04/2009

07/05/09

página inicial   | página anterior índice de notícias

 

A função da GCM com pessoas em situação de rua

 

Dayan de Castro

Dormitório nas calçadas

Acompanhe as respostas do secretário Municipal de Segurança Urbana, Edson Ortega, às questões formuladas pela Viva o Centro para a série de reportagens ?Enfrentando a tragédia que é morar na rua?

 

Associação Viva o Centro - Em entrevista anterior a este informe o Sr. explicou que uma das atribuições da Guarda Civil Metropolitana será dar proteção a pessoas em situação de risco social. O que significa isso na prática?

Secretário Municipal de Segurança Urbana, Edson Ortega - O trabalho da GCM é orientar e encaminhar as pessoas que se encontram expostas a situações de riscos físicos ou de saúde para os equipamentos municipais da assistência social.

 

À diferença de outras metrópoles, em São Paulo difundiu-se a idéia segundo a qual o disciplinamento do uso do espaço público, limpeza, segurança e intransigência com o vandalismo e pequenos delitos seriam instrumentos de exclusão. Qual a posição da Secretaria de Segurança Urbana a esse respeito?

A Secretaria adota a medida de inclusão nas regras da sociedade e proteção das pessoas que estiverem praticando procedimentos que as prejudiquem e, consequentemente, tragam danos à sociedade. A Secretaria também atua para que estas pessoas não estejam mais expostas a riscos e deixem de depredar o patrimônio público. Ao tirá-las desta situação e dar encaminhamento aos equipamentos municipais de assistência social, estamos incluindo-as de maneira objetiva na sociedade.

 

Veja mais

 

Enfrentando a tragédia que é morar na rua

 

?Consegui estabelecer um plano. Saí da rua?

Depoimento de A. C., ex-morador de rua

 

Como é o atendimento de quem está ou fica doente e mora na rua

 

Moradores de rua e mercado de trabalho

 

Ex-presidiários vivendo nas ruas. O que faz o governo?

 

Dos R$ 35,6 milhões do Estado para a assistência social da capital, R$ 1,5 milhão é para moradores de rua

 

Vêm aí novo censo de moradores de rua em São Paulo e centros de convivência sem a rigidez dos albergues

 

?Falta uma porta de saída para não continuarmos nas ruas"

 

Gestão de Pesaro na Smads e os moradores de rua

 

?Quando saí da prisão, ninguém me deu estadia? Depoimento de M.S., 29 anos, morador de rua e usuário de drogas

 

Deixe Seu Comentário:

Gostou? Então compartilhe.