Home > Notícias do Centro > Notícias > Escadas rolantes da Galeria Prestes Maia serão substituídas

Escadas rolantes da Galeria Prestes Maia serão substituídas

25/06/2014

As escadas rolantes da Galeria Prestes Maia estão paradas há meses, situação que causa transtornos para as pessoas que utilizam a passagem entre o Vale do Anhangabaú e a Praça do Patriarca, nomeadamente as que a utilizam devido a dificuldades físicas.

Atenta à situação, a Associação Viva o Centro entrou em contato com o gabinete do Subprefeito da Sé requisitando uma solução para o problema.

De acordo com o ofício recebido nesta quarta-feira, dia 24, a Prefeitura analisou o custo/benefício da manutenção das escadas rolantes existentes e verificou que seria mais barato e seguro adquirir quatro equipamentos novos. Para tal, a Secretaria do Governo Municipal instruiu processo para a aquisição de quatro novas escadas rolantes.

O ofício informa ainda que a Secretaria do Governo Municipal busca firmar parcerias com entidades privadas que tenham interesse em arcar com as despesas de manutenção não só das novas escadas rolantes, mas como de toda a área da Galeria Prestes Maia.
 

Sobre a Galeria Prestes Maia

Inaugurada em 1940, a Galeria Prestes Maia tornou-se um importante símbolo do Centro de São Paulo. Foi o primeiro local da cidade a receber escadas rolantes, instaladas em 1955.

Em 1992, o arquiteto Paulo Mendes da Rocha elaborou, por solicitação da Associação Viva o Centro, um projeto que previa a retirada do terminal de ônibus e a construção do pórtico de entrada da Galeria Prestes Maia na Praça do Patriarca. A obra saiu do papel em 2002 e é desde então um dos cartões postais da região central.

Em 1995, a Prefeitura de São Paulo cedeu a Galeria Prestes Maia ao MASP com o intuito de utilizar o seu interior como um espaço cultural. No entanto, o reduzido número de atividades resultou na revogação da concessão, assinada em 2008.

Deixe Seu Comentário:

Gostou? Então compartilhe.