Home > Notícias do Centro > Notícias > Intervenção cênica "Heresia" estreia na Praça da Sé e no Pátio do Colégio

Intervenção cênica "Heresia" estreia na Praça da Sé e no Pátio do Colégio

07/08/2018

Com direção de Cris Lozano, a intervenção no espaço público como experiência vivapretende lançar a questão da visibilidade das mulheres hoje

Contemplada pela 6ª Edição do Prêmio Zé Renato de Teatro da Secretaria Municipal de Cultura, a intervenção cênica HERESIA estreia dia 13 de agosto, segunda-feira, às 13h, na Praça da Sé e às 15h, no Pátio do Colégio. A encenação tem dramaturgia de Carolina Nagayoshi, Cris Rocha, Daniela Barros, Flávia Bertinelli, Léia Rapozo, Neusa Steiner e Cris Lozano, que também assina a direção.

HERESIA parte do tema da caça às bruxas conduzida pela Igreja Católica há mais de 200 anos. "Após darmos ciência de uma notícia publicada sobre mulheres que foram mortas pela Inquisição na cidade de São Paulo devido à prática de profissões suspeitas, escolhemos a Praça da Sé e o Pátio do Colégio como cenários históricos fundadores desse acontecimento", afirma a diretora Cris Lozano.

 "Iniciamos uma investigação por parte das atrizes da experiência de atuação do corpo feminino no espaço urbano e do estudo do teatro performativo", completa a diretora. A intervenção no espaço público como experiência viva em HERESIA pretende lançar a questão da visibilidade das mulheres hoje, depois de séculos de silenciamento. "O que realmente mudou para as mulheres enquanto ocupação dos espaços na sociedade?", finaliza Cris.

 O terrorismo contra o corpo das mulheres, a violência sexual, o feminicídio, a misoginia, a violação de direitos sobre o próprio corpo, são à caça às bruxas da atualidade e é o que a intervenção cênica HERESIA pretende abordar nestes espaços urbanos históricos como direito de resposta à criminalização estatal.

           

Heresia 6 - Foto Ligia Jardim

 Intervenção "Heresia' em frente a Catedral da Sé, Centro de São Paulo

A montagem tem assistência de direção de Alessandro Hernandez, Trilha Sonora Original e Preparação Vocal de Bel Borges, Cenário de Julio Dojcsar, Figurinos de Silvana Marcondes e Preparação Corporal de Kenia Dias. O elenco reúne as atrizes Carolina Nagayoshi, Cris Rocha, Daniela Barros, Flávia Bertinelli e Léia Rapozo.

 

Cris Lozano É atriz e diretora. Foi uma das atrizes fundadoras do Teatro da Vertigem (Paraíso Perdido) com direção de Antonio Araújo; realizou como atriz na Cia Balagan de Maria Thaís, Cabras - Cabeças que voam, Cabeças que rolam (Fomento pesquisa) e Západ - a Tragédia do Poder; Na Cia Livre realizou Bruta Flor e VemVai - O Caminho dos Mortos com direção de Cibele Forjaz ; com Johana Albuquerque realizou A Mais Forte, Noite, A Serpente e o Tesouro de Balacobaco (Bendita Trupe); com Cristiane Paoli Quito circulou a performance Poetas ao Pé D ́Ouvido; no Teatro do Sesi junto com o diretor Vladimir Capella realizou Clarão nas Estrelas; na Cia do Faroeste fez o espetáculo Curare (2017) com direção de Paulo Faria. Fundou a Cia La Leche onde dirigiu os espetáculos: Luna Clara & Apolo 11, de Adriana Falcão - Prêmio Myriam Muniz de Montagem e APCA de atriz e Tempo de Voo, de Lucienne Guedes - PROAC de Montagem. Entre outros trabalhos, destacam-se na direção: Salve, Malala! (atualmente em cartaz); Caixa Mágica (Barracão Cultural), APCA e COCA-COLA/FEMSA de direção, 5 Indicações ao COCA-COLA; As Roupas do Rei(Barracão Cultural), de Claudia Vasconcellos, APCA e PANAMCO de espetáculo; O Caso da Casa (Cia Os Hermeneutas), de Hugo Possolo e Carmo Murano, APCA de espetáculo.

  

HERESIA (Intervenção na rua) - Estreia dia 13 de agosto de 2018, segunda-feira, às 13h e às 15h. Dramaturgia: Carolina Nagayoshi, Cris Rocha, Daniela Barros, Flávia Bertinelli, Léia Rapozo, Neusa Steiner e Cris Lozano. Direção: Cris Lozano. Elenco: Carolina Nagayoshi, Cris Rocha, Daniela Barros, Flávia Bertinelli e Léia Rapozo. Duração: 40 minutos. Recomendação: Livre. Ingressos: Gratuito. Segundas, quartas e sextas, às 13h, na Praça da Sé e às 15h, no Pátio do Colégio. Até 7 de setembro.

 

Sinopse: Na intervenção cênica HERESIA, cinco mulheres percorrem tempos e espaços diversos e ocupam a praça pública, exercendo seu direito de resposta ao silenciamento histórico desde a queima de seus corpos na Inquisição no Brasil.

 

PRAÇA DA SÉ -  Praça da Sé, s/nº - Centro.

PÁTIO DO COLÉGIO - Praça Pateo do Collegio, 2 - Centro.


Deixe Seu Comentário:

Gostou? Então compartilhe.