Home > Notícias do Centro > Notícias > Itaú dá prosseguimento à reflexão sobre sustentabilidade

Itaú dá prosseguimento à reflexão sobre sustentabilidade

15/05/2009

19/06/07

página inicial   | página anterior índice de notícias

 

Itaú dá prosseguimento à reflexão sobre sustentabilidade

 

O sucesso da palestra do ex-vice-presidente norte-americano Al Gore no começo de maio, no Brasil, fortaleceu o Banco Itaú, patrocinador da Associação Viva o Centro, a prosseguir contribuindo para a reflexão e tomada de decisões pela sociedade, em busca de um planeta melhor para todos. Esta semana, no Centro da Cultura Judaica, no Sumaré, a série Diálogos Itaú de Sustentabilidade promoveu um encontro sobre o tema ?Mudanças Climáticas: reflexões e tendências?, no Centro da Cultura Judaica. Participaram o físico José Goldemberg e houve a apresentação de casos da Petrobrás e da empresa Wobben Wind Power, subsidiária brasileira da Enercon alemã, que produz turbinas eólicas. A mediação ficou a cargo da jornalista Cláudia Vassalo.

?A sustentabilidade faz parte da nossa visão e, cientes da responsabilidade corporativa que temos, estamos cada vez mais focados na inserção do tema na agenda da sociedade. Com esses eventos, a idéia é criarmos uma reflexão e troca de experiências sobre como as empresas vêm conduzindo suas práticas de sustentabilidade, com ações de responsabilidade socioambiental e gestão dos negócios?, disse Antonio Matias, vice-presidente do Itaú e da Fundação Itaú Social.

 

Inovação

 

O Itaú é a primeira empresa brasileira a se associar à AccountAbility, organização internacional criada em 1995 para promover inovações e a disseminar práticas socialmente responsáveis. Considerada hoje uma referência, entre as iniciativas da AccountAbility merece destaque a AA1000, um conjunto de diretrizes ligadas à ética e à responsabilidade social, cuja adoção é passível de auditoria externa.

A instituição bancária também tem investido em programas de ecoeficiência, iniciados em 2004, com o objetivo de reutilização de água e reciclagem de materiais diversos. Hoje, o Banco Itaú consegue uma redução diária em torno de 50 mil litros de água. Os recursos obtidos com a reciclagem de cartuchos de impressoras e com a coleta de 21 toneladas por ano de copos plásticos e nove toneladas de latas de alumínio são repassados para entidades sociais.

 

Por práticas como essa, o Itaú é reconhecido internacionalmente. Pelo sétimo ano consecutivo, integra o Dow Jones Sustainability World Index (DJSI World). É o único banco latino americano que participa do índice desde sua criação, fazendo parte de um grupo seleto de empresas de todo o mundo que aliam solidez financeira a uma postura de responsabilidade ambiental e social. No Brasil, o Itaú e a Itaúsa compõem o Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bovespa, outra instituição patrocinadora da Viva o Centro. Foi avaliado, pela segunda vez consecutiva, como o banco mais ético e mais sustentável entre os maiores bancos da América Latina, pela Latin Finance/Management & Excellence. Foi também o primeiro banco estrangeiro, com negociações na Bolsa de Valores de Nova York, a atender às exigências da Sarbanes-Oxley.

 

Deixe Seu Comentário:

Gostou? Então compartilhe.