Home > Notícias do Centro > Notícias > Prefeitura, Governo do Estado e Iniciativa Privada: está surgindo uma Aliança pelo Centro Histórico

Prefeitura, Governo do Estado e Iniciativa Privada: está surgindo uma Aliança pelo Centro Histórico

19/06/2008

09/06/08

página inicial   | página anterior índice de notícias

 

Fabio Mattos

Triângulo Histórico tem nos vértices a Praça da Sé e os largos São Bento e São Francisco

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Prefeitura, Governo do Estado e Iniciativa Privada: está surgindo uma Aliança pelo Centro Histórico

 

Numa parceria inédita, a Prefeitura de São Paulo, o Governo do Estado e a Iniciativa Privada, esta última articulada pela Associação Viva o Centro, se unem para dar qualidade total ao Triângulo Histórico - área que tem como vértices a Praça da Sé e os Largos São Bento e São Francisco. Está surgindo a Aliança pelo Centro Histórico.

 

Triângulo Histórico:  Qualidade Total nos

serviços públicos, 24h por dia, 7 dias por semana

 

Melhoraram significativamente em quantidade e qualidade os serviços públicos prestados à população no Centro de São Paulo pela Prefeitura,  por intermédio da Subprefeitura da Sé, Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads), Ilume, Limpurb e GCM, e pelo Governo do Estado, com a Polícia Militar e Polícia Civil. O Centro está mudando para melhor, e muito.

 

AVC

 

São Paulo é quarta maior metrópole do mundo

No entanto, boa parte da população da cidade não sabe disso ou não percebe isso claramente. Ela sabe que esforços estão sendo feitos, mas ainda tem do Centro a imagem de uma área decadente, perigosa, suja, cheia de camelôs, mal iluminada e com uma enorme população de rua desassistida.

 

Com isso, muitas pessoas não aproveitam todo o potencial do Centro, seus atrativos culturais e de entretenimento, seu comércio. Empreendedores deixam de investir na área. Para mudar essa situação é que está nascendo a Aliança pelo Centro Histórico. A estratégia desse programa assenta-se em dois pontos:

 

1) assegurar qualidade total, 24 horas por dia, 7 dias por semana aos serviços de  assistência a pessoas em situação de rua, segurança, limpeza, iluminação, manutenção de pisos e áreas verdes, controle do uso indevido do espaço público, poluição visual e sonora. inicialmente numa área piloto, no caso a do Triângulo Histórico.  Essa área, apesar de muito pequena - apenas 2% da área da Subprefeitura da Sé - é considerado o espaço mais emblemático da cidade (leia mais Por que o Triângulo?). Paulatinamente, esse padrão de qualidade será estendido a áreas contíguas ao Triângulo, até abranger todo o Centro (Distritos Sé e República).

 

2) divulgar amplamente essa condição, convidando a população a freqüentar a área.

Para isso, as ações governamentais devem ser absolutamente integradas e obter a adesão da comunidade local. Conquistar essa adesão será o grande trabalho da Aliança pelo Centro Histórico.

 

O êxito da Aliança pelo Centro Histórico deverá reforçar as demais ações de requalificação que a Prefeitura e o Estado vêm empreendendo em outras áreas como as da Nova Luz e Parque D. Pedro, e em equipamentos culturais como o Teatro Municipal e a Biblioteca Mário de Andrade.

 

Leia Mais

 

Aliança pelo Centro Histórico: por que o Triângulo?

 

Centro vai experimentar idéia inovadora de gestão de espaço público

 

Atribuições dos parceiros - Aliança pelo Centro Histórico

 

Aliança contará com 19 Ações Locais

 

Comitê Executivo da Aliança

 

Editorial - Aliança: pacto que fará história

 

Deixe Seu Comentário:

Gostou? Então compartilhe.