Home > Notícias do Centro > Notícias > SubSé no Centro Histórico de São Paulo

SubSé no Centro Histórico de São Paulo

14/07/2008

05/09/08

página inicial   | página anterior índice de notícias

 

SubSé no Centro Histórico de São Paulo

 

Dayan de Castro

O novo prédio conta com 15 guichês de atendimento

O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e a Associação dos Advogados de São Paulo (AASP) ganharam uma nova vizinha, a Subprefeitura da Sé, que mudou sua Praça de Atendimento para a Rua Álvares Penteado. Agora, a Praça de Atendimento está maior, mais confortável e com total acessibilidade aos portadores de necessidades especiais, além de situada no meio do Triângulo Histórico de São Paulo.

 

O novo prédio, onde antes havia uma antiga corretora do Banespa, possui 15 guichês de atendimento, uma sala para portadores de necessidades especiais, elevador e rampa. Os atendentes já notaram aumento da demanda, principalmente na hora do almoço.

 

Dayan de Castro

Sala adaptada para portadores de necessidades especiais

Com o novo endereço, a SubSé também fica entre duas estações de Metrô e perto da população, já que a antiga sede, na Estação Armênia, ficava no extremo de sua delimitação. ?Agora estamos mais perto da população. Aqui podemos ver e sentir a realidade de todos. No Centro Histórico a circulação de pessoas é bem maior, muitas vêm para os vários órgãos públicos que funcionam na área. Outras trabalham ou estudam e há os moradores da região?, diz o subprefeito da Sé, Amauri Pastorello.

 

O almoxarifado e o transporte foram transferidos para a Rua José Luis de Mello Malheiros, as mercadorias apreendidas para a Rua Araguaia e o setor de obras para a Rua Santo Amaro, onde ficava o antigo Albergue Cirineu. ?Podemos resolver diversas coisas a pé, sem precisar tanto de carro, já que tudo se torna perto, como a Prefeitura e as secretarias?, declara Pastorello.

 

Deixe Seu Comentário:

Gostou? Então compartilhe.