Home > Notícias do Centro > Notícias > Trabalho com PPP's traz resultados em Lisboa e Recife

Trabalho com PPP's traz resultados em Lisboa e Recife

14/07/2006

Trabalho com PPP?s traz resultados em Lisboa e Recife

 

Por Wellington Alves

 

Lydia de Santis

Carlos Barbosa, do Parque Expo, Valério Veloso, do Porto Digital, e Helena Maria Gasparian, secretária municipal de Relações Internacionais, na Aula São Paulo

A requalificação de áreas centrais é assunto corrente em grandes metrópoles. O poder público deve tomar medidas para que essa requalificação realmente ocorra, mas a participação da sociedade civil tornou-se fundamental no processo. Como exemplos disso, Carlos Barbosa, diretor de Projetos de Requalificação Urbana do Parque Expo de Lisboa, e Valério Veloso, diretor-presidente do Porto Digital de Recife, falaram sobre suas experiências com Parcerias Público-Privadas (PPP?s) na última Aula São Paulo, na terça-feira (11/7), realizada no auditório da Prefeitura, no Centro de São Paulo.

 

Tanto o Parque Expo, em Lisboa, como o Porto Digital, em Recife-PE, que foi tema da reportagem ?História e Tecnologia no Centro de Recife?, na edição nº 36 da revista urbs, publicada pela Associação Viva o Centro (clique aqui para ver),são organizações sociais que trabalham na requalificação urbana utilizando dinheiro público. Para as duas empresas, o investimento no centro histórico das cidades como cartão postal é fundamental.

 

Para Barbosa, os centros históricos têm importância viva, pois normalmente são áreas estruturadas, com grande movimentação, e abrigam um patrimônio histórico que pode se transformar em imagens-marcas para as próprias cidades, no intuito de cativar o turista, aproximar os cidadãos para as suas próprias cidades e valorizar a vocação estratégica do local. Porém, alerta: ?Os setores público e privado não podem continuar de costas viradas, portanto esses setores têm que encontrar os caminhos próprios e uma harmonização de objetivos?.

 

Já Veloso falou que a legislação no Brasil atrapalha a requalificação dos centros históricos. ?Precisamos de marcos legais que olhem os centros das cidades e criem determinadas referências que permitam o investimento da iniciativa privada?, reclama, completando que estes se tornaram ?espaços vazios, deteriorados, dos quais emerge a criminalidade?, sendo necessárias mudanças na legislação para alterar esse quadro. Nos links abaixo, mais detalhes sobre as falas dos dois convidados.

 

A secretária municipal de Relações Internacionais, Helena Maria Gasparian, que dirigiu a reunião, elogiou as experiências desenvolvidas em Lisboa e no Recife. ?São modelos de sucesso. Na realidade, aqui nós estamos discutindo para poder definir qual o modelo mais adequado a São Paulo?, disse Helena. A secretária aproveitou a oportunidade para confirmar a vinda da conferência ?Urba Ange? para São Paulo, provavelmente no final de 2007. Este evento é o mais importante do mundo sobre discussão urbanística e vai reunir os maiores debatedores do planeta no assunto.

 

Mais sobre o Parque Expo

 

Mais sobre o Porto Digital

 

Deixe Seu Comentário:

Gostou? Então compartilhe.